II Jornadas Regionais de Cartéis | Dias 31 de maio e 01 de junho de 2018

2 Apr 2018

A política da Escola é o Cartel

 

Os Fóruns do Campo Lacaniano são orientados pela Escola (EPFCL) de onde tomam seu sentido, pois é a Escola que se dedica a cultivar o discurso analítico. “A Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano tem como objetivo transmitir a experiência original que constitui a psicanálise, elaborar um saber sobre isso, permitir a formação de psicanalistas, fundamentar sua qualificação e garanti-la” (cf.http://www.campolacaniano.com.br/escola).

 

A elaboração de saber da Escola fundada por Lacan se dá notadamente nos cartéis,“seus órgãos de base” – tanto os cartéis do passe quanto aqueles que se dedicam a diversos temas – que periodicamente vêm trazer a céu aberto o que seus membros aí estudam, descobrem, elaboram e inventam. O produto de cada um é o que se espera do funcionamento dos cartéis nos quais cada cartelisante inscreve seu desejo de saber com um projeto de estudo, uma questão, um tema, enfim aquilo que o causou para se dedicar durante um tempo junto com outros quatro colegas de Escola.

 

O cartel como formação coletiva se constitui com quatro membros e o “mais-um”, que não só não está no lugar do quem ensina como tampouco é “líder".  Assim o cartel vai contra a psicologia das massas e o império e o abuso do Um. O mais-um está no lugar daquele que provoca a elaboração e vela pelo funcionamento e pelos efeitos internos, além de ser apenas mais um membro do cartel com seu projeto de estudo. Daí a política da Escola ser o cartel – ele testemunha que a própria estrutura da Escola vai contra todo poder de comando e favorece a elaboração do saber de cada um dentro de uma coletividade.

 

Cada cartel é formado pelo desejo de psicanálise que agrega seus membros em torno de algo em comum que os causa. Não é necessário que o cartel tenha chegado a seu término (sua dissolução) para que os cartelisantes exponham suas elaborações, trazendo ao debate a contribuição de cada um – isso pode ser feito a qualquer momento, como uma escanção no trabalho. É o momento em que o cartelisante apresenta suas elaborações e participa de um fazer saber psicanalítico coletivo – um saber de Escola.

 

Estas Jornadas Regionais de Cartéis congrega os Fóruns do Campo Lacaniano do Rio de Janeiro, de Nova Iguaçu e de Juiz de Fora e a Iniciativa Fórum da Região dos Lagos e seu turbilhão de cartéis. Serão também muito bem-vindos os produtos de cartéis de outros Fóruns da EPFCL-Brasil.

 

Antonio Quinet

Coordenador da Comissão Científica das II Jornadas Regionais de Cartéis (Rio, JF, NI, RdosL) – EPFCL-Brasil.

 

 

INSTRUÇÕES PARA ENVIO DE UMA PROPOSTA DE TRABALHO:

 

 

Os interessados em apresentar trabalho deverão preencher ambas as folhas abaixo, seguindo exatamente suas instruções, fazendo-as chegar acompanhadas de cópia do comprovante do pagamento da Inscrição, para o e-mail jornadasregionais@gmail.com, até dia 25 de abril.

 

O resultado da seleção dos Resumos será divulgado até o dia 10 de maio e os autores cujos textos tiverem sido selecionados terão até 20 de maio para enviar para o e-mail jornadasregionais@gmail.com a versão definitiva que só será aceita com no máximo 10.000 caracteres. Ela deve estar acompanhada da mesma folha de rosto que o Resumo.

 

PREENCHA a Folha de Rosto da Proposta de Trabalho:

 

 

Título do Trabalho Proposto:

 

Nome do Autor da Proposta:

 

Nome do Cartel no qual surgiu o trabalho:

 

Nomes dos membros do Cartel:

 

+ 1: ................................

 

.......................................

.......................................

.......................................

.......................................

 

Endereço completo do Autor:

 

E-mail do Autor:

 

Anexar cópia do comprovante do pagamento da Inscrição do Autor nas Jornadas, sem o que a Proposta não poderá ser avaliada.

 

PREENCHA a Segunda Página da Proposta de Trabalho:

(nunca juntar as duas folhas, sempre mantê-las separadas)

 

Tema do Cartel:

 

Título do Trabalho Proposto:

 

Argumento da Proposta contendo contextualização do tema e objetivo do trabalho.

 

- Texto em arquivo formato Word versão 2013 ou superior.

- Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento de 1,5; texto de no máximo 1.500 caracteres.

 

Os Produtos de todos da EPFCL – Brasil são bem-vindos!

 

   Inscrições

 

Até 30 de abril:

R$ 110, 00 – profissional

                   R$55,00 - Meia *

R$90,00 - Membros da EPFCL

 

até 30 de maio:

R$ 130,00 – profissional

R$65,00 - Meia *

R$110,00 - Membros da EPFCL

 

No Local

R$150,00 – profissional

R$75,00 – Meia *

R$130,00 - Membros da EPFCL

 

* 40 % das vagas, conforme Lei 12.933 de 26/12/2013

 

Jornadas dos Fóruns do Campo Lacaniano Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Juiz de Fora e Iniciativa Fórum da Região dos Lagos.

 

 

   Coordenação:

Ana Maria Magalhães, Julie Travassos, Luciana Piza, Luciana Torres e Maria Anita Carneiro Ribeiro

 

Comissão de Organização:

Rosane Melo (Coordenadora) – Andrea Saraiva, Bruna Americano, Luciana Marques, Sandra Chiabi e Vanilsa Loureiro

 

Comissão Cientifica:

Antonio Quinet (Coordenador) – Adriana Bastos, Glória Sadala, Maria Vitória Bittencourt, Sonia Alberti, Vera Pollo,

 

       Comissão de Divulgação:

          Agnes Meneguelli, Elvina Maciel, Leila Equi e Pedro Moacyr

 

 FICHA DE INSCRIÇÃO:

Nome: __________________________________________________

Endereço:  ______________________________________________

 Cidade:  ________________Estado: ____________ Cep: ________

Tel.: (     ) ______________________Cel.: (     ) _________________

Fax: (     ) ___________Email:  ______________________________

 

Formas de pagamento

Sede de FCCL-Rio ou depósito bancário em nome de:

Formações Clínicas do Campo Lacaniano-RJ

Banco Itaú | Ag.: 8598 C/C: 06397-5

Enviar comprovante do depósito para a sede de FCCL-RJ

Rua Goethe 66 –Botafogo – E-mail: secretaria@fcclrio.org.br

Telefone: (21) 2537-1786 /2286-9225

 

 

Desistência c/ devolução de 80% do valor pago até 10/05/2018

 

 

 

Please reload

a escola: 

 

"O termo Escola deve ser tomado no sentido em que queria dizer em certos lugares refúgio, ou bases de operação contra o que já se podia chamar de mal-estar na civilização."

 

Jacques Lacan

© 2015 Leonardo Pimentel

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon